Ir para o conteúdo

Unidade de Hospitalização Domiciliária vai atuar no Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira

A unidade disponibiliza uma equipa que garante a cobertura médica e de enfermagem, durante 24 horas, em regime de presença física e prevenção.

O Hospital Dr. Francisco Zagalo – Ovar (HFZ-Ovar) celebrou no passado dia 09 de julho um protocolo de cooperação com o Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira, permitindo, assim, que a sua unidade de hospitalização domiciliária passe a prestar serviços aos utentes daquela instituição.

“Somos uma instituição que cultiva a proximidade à população que servimos, focada em garantir qualidade de vida à comunidade vareira, sendo este mais um passo nesse sentido”, afirma o presidente do Conselho Diretivo do HFZ-Ovar, Luís Miguel Ferreira.

“Com este acordo agora estabelecido, prosseguimos e aprofundamos o compromisso público estabelecido entre o nosso hospital e o Ministério da Saúde em outubro de 2018 no âmbito da unidade de hospitalização domiciliária”, sublinha.

Luís Miguel Ferreira e a presidente do Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira, Antónia Costa e Silva, assinaram aquele que é o segundo protocolo de cooperação com uma instituição particular de solidariedade social (IPSS) no contexto do serviço de hospitalização domiciliária do HFZ-Ovar, lançado em junho de 2019. Em janeiro último havia sido celebrado protocolo similar com o Centro Social e Paroquial São Pedro de Maceda.

A unidade disponibiliza uma equipa que garante a cobertura médica e de enfermagem, durante 24 horas, em regime de presença física e prevenção, para apoio a doentes que reúnem as condições de internamento no seu domicílio.

Segundo a presidente do Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira, Antónia Costa e Silva, o protocolo agora assinado “é uma mais-valia para o Lar”, atualmente com 43 utentes, número que irá aumentar com a conclusão de obras nas instalações que se encontram em curso. “Com esta medida, os nossos seniores evitam o internamento hospitalar, terão os mesmos cuidados (médicos e de enfermagem) e o conforto do Lar onde estão integrados”, salienta.

Fundado em 1981, o Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira é hoje uma das mais abrangentes instituições do género da região.

imagem do post do Unidade de Hospitalização Domiciliária vai atuar no Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira
Partilhar: